Você é um gerente de projetos global?

Publicado: 01/04/2008 em Notícias

O surgimento de uma economia mundial integrada está gerando vários projetos em diversas localidades do mundo, aumentando cada vez mais as oportunidades para gerentes de projetos ao redor do mundo.

Fonte: Macrosolutions – 30/01/2008

“A prática de gerenciamento de projetos é um recurso global integrante na economia mundial atual”, diz Roger Beatty, Ph.D., PMP.

Frente à nova tendência mundial, as  habilidades de gerenciamento de projetos são pré-requisitos, habilidades essas que requerem o conhecimento de  assuntos complexos como orçamentos na moeda corrente do país, conhecimento das entidades reguladoras multinacionais e de  assuntos sócio-culturais e geopolíticos, além de ter de considerar o tempo de viagem e demais despesas.

Segundo Roger Bealtty, dois dos atributos mais importantes para os gerentes de projeto globais são  a sensibilidade cultural e a curiosidade intelectual sobre outras pessoas e nações.

“O gerente de projeto global experiente já visitou três continentes” pelo menos, Dr. Beatty diz. Este não é somente um dos  melhores modos para aprender um idioma estrangeiro, mas também ajuda as pessoas a ficarem mais familiarizadas com os costumes e tradições das pessoas que vivem lá.

Sim significa não?

Alice Roberts, PMP, gerente de programa da Hyro S/A com sede na Austrália, uma companhia de serviços empresarial digital, conhece algumas coisas sobre trabalhar em projetos globais. Quase dois anos atrás, ela se mudou da Austrália para a divisão de Hyro em Bangkok, Tailândia. Lá, ela administra de 20 a 60 projetos de desenvolvimento de software, equipes de integração de sistemas e clientes ao redor do mundo. “Até mesmo quando o cliente está situado na Ásia Pacífico, nós trabalhamos com multinacionais que inevitavelmente têm investimentos e provedores de software em outro continente” diz ela.

Rapidamente ela percebeu que na Tailândia mostrar respeito e honrar a hierarquia são características estimadas. “Eu aprendi que estava sendo tratada como um farang, quer dizer, um ocidental ou estrangeiro e que sim nem sempre significa sim nesta cultura. Eu também aprendi falar mais lento, pois os Neo-zeolandeses tendem a falar muito rapidamente.”

Leia mais e faça um teste: Are You a Global Project Manager

Link: Macrosolutions

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s