A inovação deve virar prioridade da TI em momentos de crise

Por Jarina D´Auria
 
O CIO precisa criar um ambiente favorável à inovação, com o intuito de estimular a equipe e os parceiros a buscar saídas criativas para atender às necessidades dos clientes.
 
Fonte: CIO – 26/01/2009

Sem inovação, nada acontece. As soluções inovadores servem como motores para o crescimento econômico e a melhoraria na qualidade de vida das pessoas – basta pensar o que os computadores e os medicamentos têm feito para o avanço da humanidade. No entanto, a primeira ação das corporações em períodos de crise é cortar o orçamento dedicado à inovação. O que representa uma posição equivocada.

O cenário de turbulência econômica amplia a importância da inovação para o dia-a-dia dos CIOs. Isso porque, esses executivos têm de inovar todos os dias, no sentido de buscar fazer mais com menos e, ainda, concentrar parte de seus focos no investimento futuro, para que a empresa consiga sair fortalecida do período de instabilidade.

A maioria das pessoas tem consciência da importância que a inovação tem para os negócios. Contudo, poucos executivos de TI conseguem tirar o real proveito disso, em especial, nos momentos de crise.

O papel do CIO na inovação

É fácil confundir os resultados da inovação com o seu conceito, em si. Atualmente, o mundo colhe os frutos de décadas de investimento em soluções inovadoras – e que resultaram em iPods e startups de internet, por exemplo. O grande problema é que quase ninguém está plantando novas sementes para o futuro.

A inovação sustentável é proveniente da combinação de pesquisa, desenvolvimento e aplicação da ciência e tecnologia. Nesse contexto, os CIOs têm um papel muito importante. Isso porque, são esses executivos que vão direcionar seus funcionários e parceiros de negócio para a busca de novas técnicas e para a geração de soluções e serviços ainda não existentes e que vão atender às necessidades dos clientes.

Para isso, no entanto, os CIOs precisam estar dispostos a correr riscos e lidar com erros, já que essas são duas características que fazem parte de qualquer processo inovador. Assim, a chave para a criação de um ambiente favorável à inovação é equilibrar o incentivo às tentativas de acerto, a troca de informação e a tolerância às falhas.

Link: CIO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s