Manutenção da Certificação PMP

Publicado: 12/12/2007 em Certificações

Por Paulo Espindola

E agora? Como manter a minha certificação?

A idéia deste documento é possibilitar, ao profissional que possui a certificação PMP – Project Management Professional – do PMI – Project Management Institute, uma visão geral do processo de manutenção da sua certificação.

Você que é um profissional certificado PMP já sabe que é preciso reportar, pelo menos, 60 PDUs – Professional Development Units – para manter a sua certificação para os próximos 3 anos (ciclo) através do programa CCR – Continuing Certification Requirements estabelecido pelo PMI.

Fonte: Clube GP

O que é o CCR?

CCR – Continuing Certification Requirements – é programa que define as regras que devem ser verificadas pelos profissionais certificados PMP no seu desenvolvimento educacional e profissional em relação ao campo de Gerenciamento de Projetos. Ele estabelece os critérios para obtenção das unidades que visam apoiar a recertificação: PDU.

O que é PDU?

PDU – Professional Development Unit – é a unidade de acompanhamento (medição) usada na renovação da Certificação do Profissional PMP. Ela é obtida através da realização de atividades relacionadas ao Gerenciamento de Projetos e que estão de acordo com a lista definida no CCR Handbook em suas categorias específicas. Tipicamente, 1 PDU é equivalente a 1 hora gasta em atividades de Gerenciamento de Projetos.

Onde encontrar o CCR Handbook?

Este documento, definido pelo PMI, contém todos os procedimentos necessários para você entender sobre como funciona este programa CCR. Você pode encontrar a versão mais atualizada deste documento no site do PMI:  www.pmi.org/PDF/pdc_ccrhandbook.pdf.

Objetivos do Programa

O PMI define claramente os objetivos deste programa. Raríssimas certificações requerem algum processo semelhante a este. Desta forma, entende o PMI que são objetivos do programa:

  • Manter a credibilidade da Certificação PMP como uma certificação global;
  • Aprimorar o desenvolvimento profissional dos PMPs;
  • Reconhecer e incentivar a aprendizagem individual e em grupo;
  • Oferecer requerimentos e critérios de elegibilidade padronizada, imparciais e consistentes com a profissão mundialmente;
  • Apoiar membros ou não membros do PMI no processo de recertificação em todas as localidades mundiais de qualquer organização.

Por que se recertificar?

Você, com certeza, possui seus próprios motivos para realizar a sua recertificação PMP. Afinal ela foi obtida com muito esforço seu durante alguns meses de estudo e dedicação, noites e finais de semana debruçados sobre livros e exercícios. Abaixo eu listo apenas alguns motivos que serão adicionados a todos os outros que você possui. São eles:

  • Para manter a Certificação PMP válida até o final do próximo ciclo;
  • Para manter o seu desenvolvimento educacional e profissional;
  • Para manter a sua “empregabilidade”;
  • Para não ter que refazer o Exame de Certificação PMP;
  • Para garantir que você utiliza boas práticas de Gerenciamento de Projetos;
  • E todos os outros motivos que você possui para justificar a recertificação.

Quando se recertificar?

É fundamental que você saiba de quando até quando é seu período de recertificação. Desta forma você poderá melhor planejar como obter PDUs e irá realizar um “projeto” para concretizar este seu objetivo.

Denominamos de CICLOS os períodos de recertificação que duram cerca de 3 anos, exceto o primeiro ciclo. Abaixo você poderá entender melhor os ciclos e poderá calcular o seu. Vejamos:

1º Ciclo: Começa no dia da sua Certificação e vai até 31/dez do 3º ano seguinte ao da Certificação. Exemplo:

Data da sua certificação: 10/07/2006
Data Início do 1º Ciclo da sua recertificação: 10/07/2006
Data Término do 1º Ciclo da sua recertificação: 31/12/2009

Próximos Ciclos: Começam sempre em 01/jan do ano seguinte ao término do ciclo anterior e são válidos por 3 anos. Exemplo:

Data da sua certificação: 10/07/2006
Data Início do Próximo Ciclo da sua recertificação: 01/01/2010
Data Término do Próximo Ciclo da sua recertificação: 31/12/2012

E assim por diante nos demais ciclos que serão sempre de 3 em 3 anos fechados.

Precisa ser membro do PMI para reportar PDUs?

Você não precisa ser membro do PMI (membership) ou ser voluntário de nenhum chapter para reportar PDUs no sistema. Mas para entrar no sistema e registrar PDUs você deverá saber algumas informações. Veja abaixo quais são estas informações:

Para registro de PDUs no seu ciclo você precisará saber:

  • Seu PMI ID Number (Nr Membership para quem é PMI Member)
  • Seu PMP Cert Number (Nr PMP impresso no Certificado PMP)
  • Sua Password (4 primeiros caracteres do seu sobrenome)

Se você NÃO for membro do PMI:

  • O PMI designa um número “membership” para todo profissional PMP que não seja membro;
  • Contacte PMI Customer Service para obter informações sobre este seu número através do e-mail customercare@pmi.org.

Categorias para registro de PDUs

Existem 5 grandes grupos de categorias para que cada tipo de PDU possa ser registrado no sistema. A Categoria 2 é subdividida em 9 partes distintas. Assim, as categorias ficam identificadas como:

Categorias e atividade resumida

  • 1 – Educação acadêmica formal
  • 2A – Autor ou Co-autor de artigo em local considerado específico em GP (Ex.: Project Management Journal)
  • 2B – Autor ou Co-autor de artigo em local considerado não específico em GP (Ex.: PM Network)
  • 2C – Palestrante ou instrutor em tópico de GP em conferência, simpósio, workshop ou curso formal
  • 2D – Palestrante em Componente do PMI (Ex.: Reunião em Chapter)
  • 2E – Membro ou Moderador em painel de discussão de GP em conferência, simpósio, workshop ou curso formal
  • 2F – Autor ou Co-autor de livro em GP
  • 2G – Desenvolvedor de conteúdo para um aprendizado em GP
  • 2H – Praticante de serviços de GP (serviços)
  • 2SDL – Aprendizado auto-dirigido em GP
  • 3 – Educação em GP através de REP (Registered Education Provider)
  • 4 – Educação em GP através de não REP
  • 5 – Serviço voluntário em GP

Para detalhes de cada categoria e da quantidade de PDUs permitida para cada uma delas, visite o documento CCR Handbook no site: www.pmi.org/PDF/pdc_ccrhandbook.pdf.

Um documento contendo um resumo de todas as categorias e quantidade de PDUs pode ser encontrado no post Categorias para PDUs da Certificação PMP.

Onde registrar PDUs

Aconselho você a fazer sempre seus registros através do site do PMI na internet. É mais rápido e mais seguro. Registre e acompanhe seus lançamentos de PDUs através do site www.pmi.org/pdus.

Você vai precisar das informações comentadas no item “Precisa ser Membro do PMI para reportar PDUs?” descrito acima. Neste endereço da internet [ www.pmi.org/pdus ] você poderá registrar PDUs e acompanhar todos os seus lançamentos no ciclo. As informações solicitadas são auto-explicativas e você não deverá ter problemas para preenchê-las.

Entretanto, para ajudar você em todo o seu planejamento e acompanhamento, estou colocando a sua disposição uma planilha que irá ajudá-lo(a) no seu controle. Ela contém muitas informações que são minhas “lições aprendidas – lessons learned” durante o meu ciclo. Caso você deseje usá-la clique aqui. Você pode compartilhar esta planilha com outros profissionais PMP se desejar. Sugestões e comentários também serão bem-vindos.

Quanto custa a recertificação?

A cada ciclo completado e para o qual você reportou pelo menos 60 PDUS será feita a sua renovação como PMP. O processo é todo realizado pelo site do PMI. O PMI envia para você um e-mail parabenizando-o(a) pela sua recertificação. É só seguir os passos fornecidos pelo PMI neste e-mail.

Ao final deste processo on-line você terá que pagar por esta recertificação. Os valores são diferentes para quem é membro (membership) ou não do PMI. Abaixo estão listados os valores atuais:

Valores para a recertificação PMP para um novo ciclo (3 anos):

  • US$ 150.00 para não membro do PMI;
  • US$ 60.00 para membro do PMI (membership).

Transferência de PDUs para o próximo ciclo

Se você exceder a quantidade de 60 PDUs durante o seu ciclo, você poderá ter a quantidade acima de 60 PDUs (limitada a 20 PDUs) transferida para o seu próximo ciclo automaticamente. Veja, abaixo, como isso poderá acontecer com você:

Até 20 PDUs podem ser transferidas para o próximo ciclo, se:

  • Elas foram obtidas “em excesso” às 60 PDUs requeridas, e…
  • Elas foram completadas no último ano (terceiro) do ciclo de certificação.

A transferência de PDUs excedentes será feita automaticamente pelo PMI para o seu próximo ciclo.

Suspensão, Perda e Cancelamento

A partir do momento que você é aprovado(a) no exame de certificação PMP seu status para o PMI é ativo. Você terá sua certificação PMP suspensa caso seu ciclo venha a expirar, ou seja, tenha chegado à data-limite do período, e você ainda não tenha obtido e registrado no site do PMI a quantidade de 60 PDUs. Neste caso, a partir do dia 1º de janeiro do ano seguinte você não poderá usar mais a certificação ativamente.

Você terá os próximos 12 meses para obter ou completar as 60 PDUs para a  recertificação. Caso isso não aconteça neste prazo, você perderá a certificação PMP e para obtê-la novamente terá que realizar o exame outra vez na versão mais atual do PMBOK É importante frisar que este período que você está usando para o ciclo anterior já está contando para a sua nova renovação, ou seja, para o seu novo ciclo. Isto significa que você terá um tempo menor para obter 60 PDUs no novo ciclo. Atenção com isso!

Existe ainda a possibilidade de você solicitar o cancelamento da sua certificação PMP. É difícil imaginar isso depois de tanto esforço que foi realizado para conseguir, mas acredite isso é possível.

Existem critérios bem definidos para cada uma das situações acima. Você pode contactar o seu chapter local do PMI para maiores informações ou acessar o documento CCR Handbook através do site www.pmi.org/PDF/pdc_ccrhandbook.pdf.

Dicas & Considerações

Abaixo estão algumas dicas e considerações que são frutos da minha experiência com os lançamentos de PDUs para meus ciclos e também de outros(as) profissionais PMPs. Gostaria de compartilhá-las com você:

  • Guarde todos os registros das atividades reportadas, inclusive cópia do “form” antes da submissão ao PMI, certificados de treinamento, seminários, etc. por pelo menos 18 meses após o final do ciclo;
  • Você não precisa obter PDUs em todas as categorias. Pode obter o mínimo de 60 PDUs em todas, algumas delas ou somente em uma categoria;
  • O processo on-line de registro de PDUs não é real-time. Pode demorar poucos dias, talvez 1, 2 ou 3 dias, para aparecer no seu extrato de PDUS (transcript). Mas é rápido;
  • Finalizando 60 PDUs antes do término do seu ciclo de certificação não irá alterar o seu período de ciclo. Os ciclos não mudam!
  • Preencha as informações requeridas para registro de PDUs sempre em inglês, quando aplicável;
  • O PMI não se responsabiliza por informações incorretas;
  • Informações sobre PDUs que não sejam oficiais, estejam fora do período ou incompletas não serão aceitas pelo PMI, quando identificadas;
  • Lembre-se que um percentual de PMPs é escolhido randomicamente para auditoria;
  • Não inclua mais de uma vez o mesmo evento no seu ciclo;
  • Verifique regularmente o seu histórico de lançamentos de PDUs pelo site do PMI (opção transcript);
  • Registre as PDUs tão logo elas ocorram. Não deixe tudo para o final!
  • Dê preferência ao uso da opção on-line;
  • Não espere completar as 60 PDUs para iniciar o reporte do ciclo;
  • Elabore uma estratégia (plano) para conseguir PDUs durante o ciclo;
  • Leia o CCR Handbook sempre que ficar em dúvida ou contacte seu chapter local ou contacte o PMI;
  • Não é permitido alterar ou excluir lançamentos incorretos de PDUs efetuados para o seu ciclo. Procure digitar as informações corretamente, mas caso haja algum erro, você deve contactar o PMI Records Office para correção através do e-mail pmirecords@pmi.org.

Conclusão

Você pode ter certeza de que não é difícil obter a quantidade de 60 PDUs em 3 anos. E como Gerente de Projetos com a Certificação PMP pense sempre que isso é um projeto seu. E você já sabe bem a definição de projeto, não é  Assim, gostaria de deixar para você a seguinte mensagem como conclusão:

“Pense em quanto foi difícil você obter esta certificação. Quanto tempo você dedicou de estudos para isso. E nos momentos que deixou de dedicar-se a sua família. Pense em quanto é importante profissionalmente para você e decida: Vale a pena continuar?”

Paulo Espindola, PMP, MBA, ITILpaulo.espindola@hotmail.com.

O autor Paulo Roberto Campos de Espindola é gerente de projetos, certificado PMP – Project Management Professional – e possui MBA em Gerência de Projetos pela Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro. É pós-graduado na área de Recursos Humanos, possui certificação ITIL Foundation e é perito judicial na área de informática para a Justiça do Trabalho. É membro do PMI – Project Management Institute, e participa como voluntário no chapter Rio de Janeiro do PMI desde fevereiro/2005. Trabalhou nas empresas Nacional Informática e VARIG e atualmente trabalha na IBM do Brasil. Está na área de Tecnologia de Informação desde 1983, quando ingressou como programador de computadores.

Link: Clube GP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s